Comunicado ao Mercado – 13/01/2022 (2)


AZEVEDO & TRAVASSOS S.A.
CNPJ/ME 61.351.532/0001-68
NIRE 35.300.052.463

COMUNICADO AO MERCADO

Esclarecimentos sobre questionamentos da CVM/B3 – Notícia divulgada na mídia

 

 A AZEVEDO & TRAVASSOS S.A. (“Companhia” ou “A&T”), comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral, que, no dia 13 de janeiro de 2022, recebeu ofício nº 45/2022-SLS da Superintendência de Listagem e Supervisão de Emissores da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“Ofício”), conforme transcrição abaixo:

 “Prezados Senhores,

Solicitamos enviar, até às 12h00 de 13/01/2022, sem prejuízo ao disposto no parágrafo único do art. 6º da Resolução CVM nº 44/21, esclarecimentos sobre o requerimento de falência dessa companhia, divulgado em coluna específica do jornal Valor Econômico, edição de 13/01/2022, formulado por Gts Forros e Divisórias Eireli, bem como outras informações consideradas importantes, inclusive sobre os valores envolvido no mesmo e as providências que estão tomando para sanar essa situação.”

A Companhia informa que a nota publicada é referente a redistribuição de pedido de falência promovido por GTS Forros e Divisórias Eireli (“GTS”) perante a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca da Capital, pelo valor atribuído de R$22.781,71 (vinte e dois mil, setecentos e oitenta e um reais e setenta e um centavos). O referido pedido de falência foi originalmente distribuído em 18 de novembro de 2021 perante a 1ª Vara Cível do Foro Regional XII da Comarca de São Paulo e autuado sob o nº 1014114-32.2021.8.26.0020, tendo aquele juízo então determinado a sua redistribuição para uma das Varas de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca da Capital, o que ensejou a publicação da nota no Valor Econômico na data de hoje.

Em resposta ao Ofício, a Companhia esclarece que o referido pedido de falência já foi objeto do Comunicado ao Mercado divulgado em 24 de novembro de 2021 e, conforme informado naquela ocasião, a GTS já recebeu integralmente seu crédito e requereu nos autos a desistência do pedido de falência, a qual deverá ser apreciada pelo juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca da Capital nos próximos dias.

A Companhia, desde já, reitera o seu compromisso com suas obrigações legais e manterá o mercado em geral informado acerca do desenvolvimento do assunto em questão.

Clique aqui para ler a íntegra do documento.

 

São Paulo, 13 de janeiro de 2022.

Leonardo Martins

Diretor de Relações com Investidores